Febre Amarela
INFORME A POPULAÇÃO DE SÃO VICENTE DO SUL SOBRE FEBRE AMARELA
23/01/2018 - 18:18:00

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa.  

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

A maioria das pessoas melhora após estes sintomas iniciais.

No entanto, cerca de 15% apresentam um breve período de horas a um dia sem sintomas e, então, desenvolvem uma forma mais grave da doença.

Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal) e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. 

A pessoa apresenta os sintomas iniciais 3 a 6 dias após ter sido infectada.

 

O TRATAMENTO é apenas sintomático, com cuidados a assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado. Nas formas graves, o paciente deve ser atendido em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para reduzir as complicações e o risco de óbito. Medicamentos salicilatos devem ser evitados (AAS e Aspirina), já que o uso pode favorecer o aparecimento de manifestações hemorrágicas.

 

COMO EVITAR A DOENÇA: A melhor e mais efetiva forma de evitar a febre amarela é por meio da vacinação.

A vacina está disponível na atenção básica (ESF Central), durante todo o ano, sendo administrada nas quartas feiras (devido a falta da vacina no Estado).

 

IMPORTANTE: a vacina deve ser administrada pelo menos 15 dias antes do deslocamento para áreas de risco, principalmente aos indivíduos que são vacinados pela primeira vez;

ESQUEMA VACINAL: Em crianças é aplicada a partir de 9 meses de idade, embora seja mais imunogênica a partir de um ano de idade. Dose de reforço aos 4 anos de idade.

Adultos não vacinados anteriormente devem receber duas doses com intervalo de 10 anos.

 

Lembramos que o individuo só fica com a imunidade, a partir do 15º dia, após a vacinação. Não sendo resolutivo vacinar-se e, antes desse período viajar para áreas de risco!


SAIBA: todas as vacinas são PREVENTIVAS, não são curativas e nem caracteriza emergência, PORTANTO, procure os profissionais da saúde e atualize seu esquema vacinal com calma, com antecedência!

Maiores informações: Sala de vacinas, ESFs

E no site: http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/febre-amarela

 


Texto:
Edição/foto/vídeo:
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.


Share Facebook